quinta-feira, 5 de junho de 2008

Dia Mundial do Meio Ambiente


Hoje vou fazer um relato em primeira pessoa. Estou super contente porque nesta data simbólica, Dia Mundial do Meio Ambiente, senti que fiz algo de concreto para o planeta. Não que não faça usualmente, pois considero meu estilo de vida bastante sustentável. Uso transporte coletivo, não uso sacolas plásticas, sou vegetariana, procuro consumir apenas o necessário, evito produtos não sustentáveis e que exploram a mão de obra, reciclo o máximo possível, tenho meu trabalho junto ao Núcleo de Jornalismo Ambiental Santos e região, e por aí vai.

Auditório do Aristóteles Ferreira lotado pra ouvir sobre meio ambiente

Mas hoje falei para mais de 120 jovens, na Escola Estadual Aristóteles Ferreira, em Santos, sobre Cidadania Planetária e Consumo Consciente. Provoquei reflexões e tenho certeza que plantei minha semente para mudar comportamentos. Isso é o que me move, que faz valer tudo a pena. Eu sou otimista, no sentido que vi o sociólogo Pierry Levy atribuir a otimismo, uma opção pelo vai dar certo, não apenas projeções.
Então, fica aqui o meu convite: experimente uma vida sustentável. O Planeta agradece.
Eco_saudações!

Participe da Blogagem Coletiva do Faça sua Parte vc tb.

4 comentários:

Anny disse...

Luz:
Adorei seu post. Também sou otimista. Tão otimista que fui cobrar do GBarbosa a presença do saco plástico biodegradável que eles ainda não disponibilizaram para os clientes do supermercado.

Allan Robert P. J. disse...

Luz,

Esse "plantar sementes" é a parte mais importante. Só através da educação e da conscientização iremos mudar alguma coisa. Sozinhos conseguimos, no máximo, a ter atitudes corretas como as suas. Juntos, podemos fazer uma revolução verde.
Abraços
:)

denise disse...

Lu, parabéns por estas iniciativas. A gente precisa mesmo disseminar esta semente. Hoje, caminhando por uma rua em que acontecia uma feira, fiquei abismada com a quantidade de sacos plásticos enormes jogados pelo chão. Um horror! Se não têm consciência de que maltratam o ambiente, deveriam, pelo menos, ter um pouco mais de asseio, não acha?
beijo, menina

Maria Augusta disse...

Mais que tuas palavras, teu exemplo pode tocar muitas pessoas e ajudá-las a compreender que se pode viver bem sem agredir o planeta.
Parabéns pelo post e pelos gestos em prol do meio ambiente.
Beijos.