segunda-feira, 23 de julho de 2007

Sim, é problema nosso

Não dá pra continuar achando que o aquecimento global não é problema nosso, que os governos devem resolver. Sim, o setor político tem sua responsabilidade, mas cabe a cada um de nós, como habitantes desse planeta, sermos mais solidários e conscientes.

Quem ainda não assistiu ao documentário "Uma Verdade Inconveniente", do ex-vice-presidente americano Al Gore sobre aquecimento global, não perca. Embora os dados apresentados não sejam novidades em si, colocados da forma que estão desenham uma situação pra lá de assustadora.

Conforme aponta Al Gore, é uma questão moral, não simplesmente política. E se temos opções para diminuir a emissão de dióxido de carbono na atmosfera, e minimizar o aquecimento global, vamos usá-las. Um gesto simples como separar o lixo seco do orgânico já é bem-vindo. Vale lembrar que o Brasil é o campeão de reciclagem de latas de alumínio. Com isso, utilizamos menos energia e poluimos menos para produzir as embalagens.

Há inúmeras formas de minimizar a emissão de gases poluentes, basta estar interessado. Afinal, que planeta você quer deixar para as próximas gerações? A seguir, o link do Yahoo! Filmes sobre Uma Verdade Inconveniente e, abaixo, o link para o projeto que engloba o filme.

http://br.cinema.yahoo.com/filme/13687/umaverdadeinconveniente
http://www.climatecrisis.net/

Um comentário:

Michella Guijt disse...

Oi Lu, parabéns pelo Blog! Participei da enquete, viu? Encaminhe ao síndico do prédio onde moro uma matéria sobre o projeto de lei estadual que prevê a separação de lixo limpo nos condomínios. Resultado? Estamos reciclando, apesar da preguiça de separar material de alguns moradores. Já pensou se todos os municípios paulistas separassem lixo limpo?
Um gde bjo